Prêmio ABDI e Anatel de Redes Privativas

Agência selecionará, em quatro categorias, os melhores usos de redes privativas sem fio no Brasil.

A Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), em parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), promovem a premiação para as melhores práticas de redes privativas sem fio, no Brasil. A ação se dá no âmbito de um acordo de cooperação técnica entre as duas agências por meio de ações conjuntas e do interesse comum que promovam o desenvolvimento industrial, produtivo e tecnológico do país.

As inscrições estarão abertas entre os dias 12 de julho de 2023 e 11 de agosto de 2023. Para participar do concurso, a entidade que faz uso da rede privativa ou a prestadora de serviços de telecomunicações responsável pela infraestrutura e operação da rede deve responder aos questionamentos que integram a Tomada de Subsídios nº 20/2023[1]. Os resultados serão anunciados em 11 de agosto de 2023.

O objetivo desta análise será avaliar os casos de usos do espectro para redes privativas, estimular esse tipo de investimento e dar ampla divulgação aos resultados alcançados com a implementação dessas soluções, que utilizam redes de telecomunicações como 4G, WiFi 6 e 5G. Com isso, a iniciativa visa incentivar e disseminar boas práticas, estimulando outras organizações a buscarem soluções criativas e eficazes no aproveitamento do espectro para atender às demandas crescentes de conectividade no cenário atual.

A premiação se dividirá em 04 categorias, sendo elas: a) Rede Privativa – Agro: uso para aplicações no setor de agropecuária (Agro 4.0); b) Redes Privativas – Indústria: uso para aplicações do setor industrial, em parque fabril (Indústria 4.0); c) Redes privativas – Utilities/Mineração/Óleo e Gás: uso para aplicações em serviços como distribuição de água, energia e gás, além de aplicações do setor de mineração e de extração de petróleo; e d) Redes privativas – Outros setores.

Serão analisadas as informações referentes aos impactos que as redes de telecomunicações voltadas a soluções específicas têm nos negócios do setor produtivo nacional. Para avaliação dos projetos, a Comissão de Avaliação utilizará os seguintes critérios: I. Tecnologia: uso de padrões tecnológicos de redes de comunicação sem fio mais atuais; II. Inovação: caráter inovador da iniciativa em análise; III. Transformação Digital: agregação de valor e modificações nos processos da entidade decorrentes da implementação da rede privativa; IV. Impacto socioeconômico e ambiental: repercussões socioeconômicas e ambientais positivas produzidas em decorrência da implementação da rede privativa.

 

[1] https://apps.anatel.gov.br/ParticipaAnatel/VisualizarTextoConsulta.aspx?TelaDeOrigem=2&ConsultaId=10144

Mais
Insights